HMGV forma novos residentes em ano do cinquentenário do Hospital

 In FHGV, Hospital Getúlio Vargas, Notícias, Residência Médica

Na noite de ontem (13), no auditório Maurício Berni na Universidade do Vale do Rio dos Sinos aconteceu a solenidade de formatura da quinta turma de residentes do Hospital Municipal Getúlio Vargas (HMGV). Além de médicos brasileiros, existiam residentes do Equador, da Venezuela e do Uruguai que se tornaram especialistas em anestesiologia, cirurgia geral, clínica médica, pediatria, psiquiatria, ginecologia e obstetrícia e medicina da família e comunidade. Em funcionamento desde 2014, os Programas de Residência Médica do Hospital formaram 39 residentes selecionados pela Associação Médica do Rio Grande do Sul. Essa turma concluiu a residência em ano comemorativo já que Hospital completará em novembro 50 anos de atuação junto à comunidade.

A médica especialista em ginecologia e obstetrícia Sandra Ximena Rodas Perez Goulart e a médica especialista em psiquiatria Júlia Pizzolatti Pieri se manifestaram em nome dos formados no Programa de Residência do HMGV. Emocionada, Júlia leu uma poesia de José Saramago e Sandra Ximena lembrou do apoio da família no período da residência. “Não é fácil ser residente sem o apoio da família e dedico esse dia especial à minha filha Sofia, que se tornou filha do Hospital porque muitas vezes tive que correr atrás dela pelo HMGV. Agradeço aos enfermeiros, técnicos de enfermagem, e principalmente, aos preceptores que ajudaram a não desistir”, declarou.

FHGV

A diretora de Atenção à Saúde da Fundação Patrícia Bienert citou que o Programa de Residência Médica se aprimora a cada dia e que em 2020 incluíram-se à formatura às especialidades de ginecologia e obstetrícia e medicina da família e comunidade. “É com orgulho que hoje faço parte desta formatura que celebra um trabalho árduo, mas desenvolvido com carinho e dedicação. Em cinco anos, 39 médicos se formaram e este ano é especial porque além da competência dos novos médicos, o HMGV recebe melhorias para comemorar os seus 50 anos de existência. Em breve, serão inauguradas a nova emergência e o novo centro obstétrico e muitos dos que se formam hoje poderão ingressar num futuro próximo no Hospital. Será um prazer recebê-los aqui como concursados. Um grande abraço e sucesso a todos”, desejou Patrícia.

Em nome dos supervisores dos Programas de Residência Médica da Fundação Hospitalar Getúlio Vargas que administra o HMGV, o médico psiquiatra Pedro Ritter observou o quanto a educação é transformadora. “A educação transforma tudo, vocês e o Hospital, pois convivemos três anos com uma série de restrições na saúde pública. Também agradeço a todos e aos pais que têm um papel fundamental porque aprendemos com eles a empatia, e nesse grupo, enxergo empatia em todos eles”, declarou o psiquiatra.

A coordenadora da Comissão de Residência Médica do HMGV Adriana Trein Enzveiler ressaltou durante a cerimônia que mesmo com a realidade da saúde pública, os Programas de Residência formaram novos e competentes profissionais para atender a população.

Recent Posts