Simers e FHGV iniciam debate da matriz salarial dos médicos do Hospital Tramandaí

 In Fundação, Hospital Tramandaí, Notícias

Na manhã desta quinta-feira (15), as direções da Fundação Hospitalar Getúlio Vargas (FHGV) e do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) iniciaram o debate em torno da negociação salarial da categoria que atua no Hospital Tramandaí (HT). Em março, a matriz remuneratória dos médicos no polo de Sapucaia do Sul foi acordada com recomposição salarial pelo Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC) em 2019, 2020 e 2021.

“Tivemos um acordo de fechamento com a FHGV para a matriz salarial dos médicos de Sapucaia do Sul. Agora, estamos em busca dos mesmos moldes para a categoria que atua no Hospital de Tramandaí. De maneira prévia à negociação, a Direção da Fundação sinalizou a apresentação de proposta de reajuste de 4,67% e a implantação do banco de horas, o que já é um bom começo”, afirma a diretora do Simers Alessandra Felicetti.

FHGV

De acordo com o diretor-geral da FHGV Gilberto Barichello, a proposta de reajuste prévio à negociação deverá ser apresentada no início da próxima semana. Com relação às discussões futuras referentes à matriz salarial da categoria, Barichello lembrou que poderá avançar após a renovação do contrato de gestão do HT vigente até novembro e firmado entre o Estado e a FHGV. “Respeitamos a categoria e estamos abertos ao diálogo por meio de negociações dentro das possibilidades da FHGV”, complementa Barichello.

A reunião também contou com a participação da assessora da Diretoria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas da FHGV, Jéssica Biachessi, e do coordenador da Procuradoria, Vitor Mendonça, bem como do advogado do Simers, Leonardo Tonico.

Recent Posts