Acordo entre FHGV e sindicatos dos enfermeiros e farmacêuticos define reajuste salarial e banco de horas

 In Fundação, Notícias

Os diretores da Fundação Hospitalar Getúlio Vargas (FHGV) e dos Sindicatos dos Farmacêuticos e dos Enfermeiros de Sapucaia do Sul e Tramandaí assinaram acordo coletivo para os trabalhadores das unidades administradas pela Fundação na manhã desta sexta-feira (09). O acordo contém diferenciações no prazo de vigência e no percentual de reajuste para as categorias de cada um dos municípios envolvidos.

O representante dos trabalhadores de enfermagem sapucaienses, Ismael Miranda, destaca que o principal ponto do acordo é a manutenção do adicional de 50% noturno para os enfermeiros. “O acordo histórico contempla vários benefícios mantidos que tinham cobertura pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) antes das mudanças da lei e reajuste salarial de 4% em 2019. O mais significativo é que todas as regras e garantias trabalhistas estão contempladas”, declara.

A presidente do Sindicato dos Farmacêuticos em Sapucaia do Sul e Tramandaí, Débora Melecchi, também reforça o aspecto originário do acordo. “Garantimos reajuste salarial, adicional noturno de 50% e homologação com a assistência do sindicato. O aspecto da liberação das gestantes e dos pais para acompanhar os filhos é fundamental como avanço de direitos e respeito aos trabalhadores que de fato fazem acontecer a saúde na prática. É um primeiro acordo e com a mesa de negociação vamos avançar em outros debates como o concurso público, o redimensionamento de pessoal, adicional de responsabilidade técnica”, ressalta.

Enfermeiros e farmacêuticos sapucaienses

A negociação para os trabalhadores da FHGV lotados nas unidades situadas no polo de Sapucaia do Sul tem vigência de 2 anos. Os funcionários terão seus salários reajustados no percentual de 4%, com uma parcela de 2% a partir de 1º de julho e outra parcela de 2% em 1º de outubro, bem como a diferença retroativa ao mês de julho de 2019. Em 2020, os salários da categoria serão reajustados pelo Índice de Preços ao Consumidor (INPC), calculado entre maio deste ano e abril de 2020. Em 1º de maio do ano haverá concessão de 50%, e em 1º de novembro, dos 50% restantes.

Polo Tramandaí

Os enfermeiros e farmacêuticos do polo de Tramandaí contam com acordo com vigência de um ano. Os trabalhadores vão receber reajuste salarial de 4,67% através de uma parcela de 2,62% em 1º de julho deste ano e mais a parcela de 2% programada para 1º de outubro. O salário do mês de agosto contemplará a incidência da primeira parcela do reajuste salarial, bem como a diferença retroativa a julho.

Outros benefícios

Pelo acordo, os trabalhadores noturnos de ambos os sindicatos podem contar com a jornada de trabalho de 12 por 36 horas consecutivas de descanso. Além disso, as trabalhadoras gestantes vão poder usufruir da prorrogação de 60 dias na duração da licença-maternidade como previsto na Constituição Federal. Para os trabalhadores, garantiu-se a licença paternidade de dez dias. Além disso, instituiu-se o banco de horas com o objetivo da compensação do tempo trabalhado excedente à jornada, o que deve ser ajustado a cada quatro meses, entre outros benefícios.

Recent Posts