FHGV e Simers assinam acordo coletivo de trabalho

 In Fundação, Notícias

O acordo coletivo de trabalho assinado na manhã desta segunda-feira entre a Fundação Hospitalar Getúlio Vargas (FHGV) e o Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) trata da regulamentação da nova matriz remuneratória dos médicos do Polo Sapucaia do Sul.

Na prática, para a Fundação, significa capacidade para captação e retenção da equipe de profissionais através de concurso público, com valorização dos trabalhadores e benefício aos usuários.

Atualmente, a FHGV tem alguns médicos que recebem através de RPAs (Recibos de Pagamento Autônomo) ou Pessoa Jurídica (empresas), processos que deverão ser encerrados em breve a partir do novo patamar de remuneração dos concursados. “A nova matriz salarial aprimora a condição remuneratória na Fundação, valorizando os profissionais via concurso público”, diz o diretor geral da Fundação, Gilberto Barichello.

APOIO DA PREFEITURA

A nova matriz foi realizada a partir de pesquisas que envolveram profissionais da FHGV e o mercado de trabalho na região, já que os salários estavam sem recomposição desde 2015.

Com esse acordo coletivo, não será necessária a adesão individual, pois é extensiva, automaticamente, a todos os médicos. Segundo Barichello, “essa conquista teve a participação fundamental da Prefeitura de Sapucaia do Sul, que fez importante aporte de recursos para a Fundação”.

Pelo Simers, o acordo foi assinado pelo presidente Marcelo Matias. Também estiveram presentes os representantes Leonardo Tonico e Caroline Schossler.

Recent Posts